Resenha: Estrela da manhã -André Vianco

Sinopse:Rafael, um menino frágil e sensível, sofre a perseguição de um grupo de valentões na escola. Em casa, não encontra apoio da mãe relapsa nem do irmão mais velho. Perdido, tenta encontrar na internet, através da tela de seu smartphone, tutoriais de rituais para reencontrar seu pai morto. Ele acredita que somente algo vindo do além poderá ajudá-lo. O menino é tão persistente que finalmente sua voz é ouvida do outro lado. No entanto, quem responde ao seu chamado não é o pai, mas uma entidade que promete protegê-lo de seus detratores durante sete dias. Rafael só quer ser protegido, por isso entrega à entidade a lista com os nomes dos que o aborreceram. Só quando a primeira pessoa de sua lista morre ele descobre que seu pesadelo está apenas começando.

Esse foi o primeiro livro que li de André Vianco, já o admirei desde a sinopse, a leitura então...

Certamente necessito de ler mais desse escritor!

Para começar, Rafael para sua idade sabe muito sobre rituais, mas isso não foi algo que atrapalhou muito a leitura.

O garoto estava cansado das agressões sofridas por Fábio Eduardo, ou Maguila, como você preferir, ninguém lhe escutava, ninguém lhe ajudava, a única companhia que tinha era de sua melhor amiga Renata, mas a garota não podia fazer nada senão aconselhar Rafael.

(SPOILER) Decidido a dar o seu próprio jeito, Rafael achou um aplicativo em que podia "Contratar" um fantasma para ser seu protetor, surrupiou o cartão do seu irmão e contratou o fantasma.

Foi um livro, que para mim, a leitura não ficou arrastada em nenhuma parte do livro, e ao longo das páginas temos acesso a o íntimo de cada um dos personagens, temos reconciliações, mistérios, terror e emoção ao longo de todo o livro.

É uma leitura que te prende do começo ao fim, com toda a certeza.

Avaliação: 📕📕📕📕📕 (5/5)

Nenhum comentário:

Postar um comentário