Resenha: Azul da cor do mar -Marina Carvalho

Sinopse:ACASO, DESTINO OU LOUCURA? No caso de Rafaela, pode ser tudo isso junto. Para alguém como ela, nada é impossível. Rafaela sonha desde a adolescência com o garoto que viu uma vez, perto do mar, carregando uma mochila xadrez... A ideia fixa não a impediu, porém, de ser uma menina alegre e muito decidida. Ela quer ser jornalista, e seu sonho está se concretizando: Rafaela Vilas Boas (um nome tão imponente para alguém tão desajeitado) conseguiu um estágio no melhor jornal de Minas Gerais. Mas, como estamos falando da Rafa, alguma coisa tinha que dar errado. O jornal é mesmo incrível, mas seu colega de trabalho, Bernardo, não é a pessoa mais simpática do mundo. Em meio a reportagens arriscadas – e alguns tropeços –, Bernardo acaba percebendo, contra a sua vontade, que Rafaela leva jeito para a coisa... E que eles formam uma dupla de tirar o fôlego. Mas e a mochila? E o garoto, o envelope, as cartas? Um dia a estabanada Rafaela vai ter que se libertar dessa obsessão.

O que dizer sobre Azul dá cor do mar? Foi um livro que me envolveu logo nas primeiras páginas.

A escritora, com seu modo de escrita simples mas ao mesmo tempo autêntica, vem a nos presentear com personagens incríveis e uma trama mais a ainda.

Em nenhum momento eu senti a leitura ficar arrastada, sempre havia algum núcleo para deixar a trama viva, ou seja, a escritora em nenhum momento deixou a história morrer.

Quando eu peguei o livro, achei que seria um livro clichê, mas, quando realmente o li, simplesmente me apaixonei.

Até então, antes de ganhar esse livro,não conhecia a escritora, mas agora, com certeza gostarei de experimentar a leitura de outras obras dá mesma.

Alguns personagens, nós odiamos no começo, alguns odiamos no meio, mas acredito que seja uma relação de amor e ódio, porque é impossível odiar algum por muito tempo.

No final do livro, todas as minhas teorias se confirmaram, o que é um tanto raro de acontecer (hahaha).

Rafaela mostra ser ingênua em algumas partes do livro, o pensamento dá mesma muitas das vezes vaga no garoto em que vira, na sua infância.

Ao longo da história, vemos o desenvolvimento como pessoa e como profissional de Bernardo e especialmente de Rafaela.

Muitas reviravoltas se passam, além de brigas, declarações, desenvolvimentos emocionais e outras coisas.

Não posso negar que em algumas partes há coisas clichês, mas não é nada exagerado.

Avaliação: 📕📕📕📕 📕 (5/5)

Nenhum comentário:

Postar um comentário