Resenha: Onde há fumaça -Bruna Ceotto

Sinopse:Valéria Corrêa estava perfeitamente feliz em sua cidade interiorana e tinha a vida perfeita: sua família, embora não convencional, era amorosa e compreensiva; tinha amigos divertidos e leais, e um namorado que a completava em todos os sentidos. Tudo que uma garota de dezesseis anos poderia querer. É de se espantar que, após um misterioso incêndio que destruiu metade da sua escola e deixou dezenas de vítimas, Valéria, por razões tão misteriosas quanto, decida abandonar tudo o que conhece e ama para viver longe de tudo e todos em Vitória, Espírito Santo, onde mora sua mãe.
Em terras capixabas, a garota reencontra Lucas Avelar, seu amigo-de-férias, cujas intenções nem sempre se restringiam a amizade. O alívio de ter, pelo menos um amigo, em sua vida nova só durou até Valéria descobrir que ele tinha segredos tão complicados quanto os dela mesma, haja vista não ter se dado o trabalho de mencionar uma conta bancária multimilionária, uma namorada tão bela quanto a própria beleza e… um irmão gêmeo.
Apenas alguns meses depois de se mudar, Valéria vem a descobrir que onde há fumaça nem sempre há fogo. Mas Lucas parece encontrar boas razões para acreditar no contrário.


Enredo

O livro se inicia com Valéria já em Vitória, dizendo o quanto odeia a cidade, mas seria pior se tivesse ficado em Viveiro, uma pequena cidade do interior. Logo, ela se sente deslocada, desgosta de seu padrasto, mas se sente acolhida ao chegar na escola e ver um amigo de férias seu, que poderia até mesmo ser mais que amigo.

Mas as coisas não costumam ficar bem por muito tempo na vida de Valéria, além de lidar com o segredo, que foi o motivo de ela fugir de Viveiro, onde apenas seu pai sabe aonde ela está, lembranças de pessoas que ficaram lá a assombram, ela sente saudade, e ao mesmo tempo culpa, se envolve em problemas em Vitória também.

Mentiras de alguém que confiava, um irmão doente que não se dá conta disso, uma amiga não tão confiável e alguém com o qual ela se topou. Aquelas pessoas de lá tem dinheiro, e vivem vidas de mentira, aparentemente, cada um deles tem seu ponto de dificuldade em manter relacionamentos saudáveis. E, durante o livro todo, temos aquele questionamento: Por que ela fugiu? 

Personagens

Uma das coisas que mais gosto quando leio um livro, é pensar que os personagens é reais, isso é uma das coisas mais encantadoras que encontramos quando lemos um livro, e fiquei muito feliz quando vi muito disso nesse livro.

Já falei várias vezes pra autora, e mesmo no instagram, mas vou falar mais uma: os personagens tem humanidade. Eles não são divididos entre os que erram e os que acertam, todos fazem as duas coisas, e é assim que nós somos.


Vou começar por Valéria, ela fez algo muito errado no passado, do qual não sabemos o que é, mas acredito que ainda sofrerá com as consequências. Apesar de tudo, acho que bastante intensa com seus sentimentos, e ao mesmo tempo indecisa também, vejo que a personalidade dela tem traços predominantes, gosto disso.


Lorena, com certeza ela não é a melhor das pessoas, nem muito confiável, apesar de ter aqueles momentos em que ela é realmente uma amiga, há bastante futilidade nela, e ela parece estar presa nisso.


Não gosto do Lucas, sinceramente. Mas, tem algo que gosto nele, há momentos em que vemos ele seguir seu coração e fazer o que gosta, apesar de ter sido um babaca em alguns momentos por influencia, isso acontece pouco. Ele mente bastante, mas muitos de seus sentimentos parecem sinceros. Simplesmente não gosto dele porque acho ele sem graça, e há muitas outras pequenas coisas que não gosto nele, não que ele tenha sido mal construído, a questão é que ele, apesar do que eu disse, as vezes tenta mostrar algo que não é, se redimiu, mas fiquei com ressentimento, não consegui gostar dele.


Natan, estava esperando por essa parte (hahahah). Meu favorito, gostei da intensidade dele, de verdade, ele teve muitos momentos idiotas, mas nunca mentiu sobre o que é, ele é aquilo, e não quer se mostrar outra coisa, há alguns sentimentos ruins dele, mas acredito que ele é capaz de ser uma pessoa melhor, e, quanto ao final, ele pode dar a volta por cima daquilo.


Não quero deixar de falar de Zaca, aquele nerd que adorei, ícone sensato, e um dos mais fofos do livro, merece o mundo <3 além de ser super dedicado, e também tem alguns outros personagens que conheci um pouco e quero conhecer mais ainda, eles me intrigam.


Minha opinião

Alguém trás um premio pra Bruna. Sua escrita é cativante, leve, divertida e intensa também (acho que estou usando muito essa palavra), a construção da história é incrível é real, os romances ali são daqueles que amamos.

Misturou sentimentos ali, sejam eles de amor, alegria, tristeza e saudade. É um livro que te prende bastante, fiquei triste quando terminou, queria mais. Não há furos na sua narração, há apenas um porta para o próximo livro.


Estou bastante curiosa para saber mais, e, acredito que esse livro seja uma ficção adolescente, romance e com um toque de drama, que tem muito da vida real, de sentimentos reais, e de tragédias também, como o incêndio, mas acho que ele também mostra que podemos recomeçar, e que, para ter um relacionamento saudável, você precisa cuidar de si mesmo primeiro.


Avaliação: ⭐⭐⭐⭐⭐ (5/5)



Nenhum comentário:

Postar um comentário