Resenha: Herdeiros de sangue -Bianca Gulim


Sinopse:Após a revelação do seu verdadeiro inimigo, Celine percebe que a guerra anunciada está cada vez mais próxima. Enquanto se prepara para o inevitável confronto, ela descobre que habilidades em combate não serão suficientes para garantir a vitória. Com um exército pequeno e quase nenhum armamento, a guerreira terá que enfrentar difíceis negociações para conquistar alianças necessárias.
Em uma reviravolta inesperada, um traidor é descoberto. As consequências dessa traição fazem com que Celine precise, mais do que nunca, lutar pela própria vida. Mas também lhe dá a oportunidade de conhecer as motivações por trás das ações do seu maior inimigo. Quando essas informações vêm à tona, superar os rancores do passado se mostra um feito impossível.
Guiada por seu desejo de vingança, Celine começa a enxergar sua benevolência como uma fraqueza. E em 2323, os fracos não sobrevivem. Na guerra, é matar ou morrer. Ela escolheu matar. 
Prepare-se para continuar perdendo o fôlego nessa alucinante sequência de Sobreviventes do Caos. O toque de romance sexy em um enredo repleto de ação vai conquistar você.


Depois daquele final bombástico, é mais que óbvio que o começo foi cheio de impacto, não?

A luta da humanidade não parou. Agora, Celine se vê em um cerco, aonde tem que reconhecer as ameaças e os inimigos, e tomar uma posição diante de seu povo, fazendo-a se questionar diversas vezes se realmente é uma boa líder.

Bianca nos surpreende em diversos pontos no livro, afinal, sabemos quem é o traidor? Houve algo que vi também, que foi personagens sendo mais destacados, como o Darion, e outros ficando mais nas sombras, no caso, o Max (agradeci, consigo gostar dele não hahahah).

Vemos a verdadeira e mais cruel guerra cada vez mais perto, com um novo personagem praticamente sedento de sangue. Esse segundo livro foi como uma junção de elos da história, podemos ver muito nele, e ficarmos muito ansiosos para o último da trilogia. Os personagens continuam fortes, e bem construídos. 

A escrita da Bianca é demais, ela é fluida, e algo que me impressiona é o fato que ela conseguiu juntar elementos de diversos gêneros e fazer uma história inteiramente bem construída. Foi bem difícil fazer essa resenha, pelo lado que o livro foi muito bom (e surpreendente) e pelo lado que eu poderia falar muito a acabaria dando spoiler 😂

Ansiosa pelo próximo, esse é aquele livro recomendável para todos que conseguem se manter fortes o suficientes para não morrer do coração (ou não) que venha o próximo, e último, repleto de tudo que essa trilogia mais nos presenteia: ação, drama, aventura, romance, e muito mais.
Avaliação: 📕📕📕📕📕 (5/5)

Nenhum comentário:

Postar um comentário