Resenha:Se arrependimento matasse -Alma Cervantes

Sinopse: Alex, Alice e Rebeca são grandes amigos e decidem se reencontrar depois de alguns anos sem se verem. O lugar escolhido é o hotel dos pais de Alex, mas o que parecia uma viagem especial, repleta de conversas agradáveis e descontraídas com os outros hóspedes durante o jantar se transforma, em seguida, num pesadelo. Quando os três se preparam para dormir, ouvem batidas desesperadas à porta e seguem ao salão, onde logo descobrem que o cozinheiro fora assassinado. Com a comoção, somada à dificuldade de fuga devido à tempestade e névoa lá fora, a confusão logo se instala no hotel, além de um desagradável clima de suspeita entre os hóspedes.

De início, o livro apresenta uma atmosfera calma, mas depois, tudo se revela.

Mesmo que os três amigos tenham que ficar dentro do prédio, por causa do tempo tempestuoso, não ligam muito, afinal, depois de tanto tempo sem se ver, uma boa conversa seria ótima.

Mas, tudo muda, quando o pesadelo começa: O cozinheiro é brutalmente assassinado. E é aí que o terror de todos começa, assim como as investigações de Frederica, uma hóspede, para juntar os fatos e tentar descobrir quem é que está por trás de tudo, enquanto os demais esperam o dia amanhecer, aterrorizados e acompanhados de morte.

Não há palavras para descrever as emoções que eu senti lendo esse livro, ainda mais que eu adoro livros de suspense, iguais a este, e nem preciso dizer que o final foi surpreendente.

Não conhecia esse autor antes, pretendo ler mais dele.

Avaliação: 📕📕📕📕📕 (5/5)

3 comentários:

  1. Oi Thaina!
    Que show! Adoro livros com suspense assim. Me lembra, inclusive, um filme que se passa em um elevador e o diabo está entre os passegeiros e vai matando um a um. Não consigo lembrar o nome hahaha
    Já deixo anotado e se tiver oportunidade, lerei.
    Bj

    ResponderExcluir
  2. Adoro livro de suspense e amei a capa!😍

    ResponderExcluir