A vida com outro olhar

O que você quer mostrar pro mundo?

Eu não quero exatamente mostrar...

E sim quero que cada um sinta
Quero que pelo menos uma pessoa no mundo se sinta tocada pelas coisas que faço, escrevo ou falo.

Quero que sintam o carinho que eu quero passar.

E que também passem esse carinho pra alguém muito especial.

Eu quero apenas... Deixar um pouco menos de ódio no mundo, como se nem que fosse 1%, mas que fosse de luz no mundo.

Se preocupar com problemas e medos nunca valeu a pena. Para mim o que sempre valeu foi enfrentá-los.

Às vezes eu fico triste que só descobri tudo agora. Tudo como o amor vale à pena.

Frases como "combata o ódio com o amor" parecem idiotas mas às vezes são reais. Você não precisa se importar com pessoas idiotas, elas estão sofrendo.

Quando você realmente sentir "o amor" talvez você sinta vida. E o amor não é uma pessoa. Nem um objeto. Ele vem de você. Apenas de você, e talvez até possa te aproximar de coisas ou pessoas boas.

Mas, no primeiro momento, ele vem de você.

Sabe o que eu gosto de fazer? Ajudar pessoas. Acho que sempre quis isso, só demorei um pouco para perceber.

Eu consigo ver lados bons nas pessoas, por mais que ninguém, nem elas próprias, vejam. Eu acredito que todos tem um lado bom, que todos são... Anjos.

Não sei, talvez alguém pode achar que eu sou falsa nas palavras e gestos, talvez pela forma que eu digo "anjo" que eu abraço as pessoas ou tenho ajuda-lás, talvez achem que estou apenas querendo me mostrar.

O mundo está cheio de coisas tóxicas, uma delas é não acreditar. Não acreditar no lado bom das pessoas.

Acho que todos tem sua forma de expressar o que sentem. Talvez o fato de alguns se atirarem mais não signifique que são falsos ou algo do tipo.

Para mim, independente de tudo, eu gosto das pessoas, do que elas são e de ajudá-las.

Tem uma luz. Ela fica dentro de mim, não sei bem aonde, talvez no coração. Mas isso não vem ao caso. O caso é que ela se ilumina a cada vez mais, cada vez que sinto mais amor ela pisca mais de mim. E sem dúvidas é estonteante.

E, o principal de tudo, para que essa luz pisque, são as pessoas. Quanto mais elas me atacam com ódio mais a luz pisca me avisando que eu tenho que... Espalhar o amor no mundo. E o outro lado das pessoas, as boas, também fazem minha luz piscar, elas são inspirações.

Sinto como se fosse uma missão minha.

Quer dizer, eu quero viajar ao mundo, assistir as coisas que eu gosto, ler e escrever, mas acima de tudo, eu tenho uma missão, sinto isso.

Sinto que tenho que tornar as pessoas especiais. Fazer com o que elas sintam que são anjos.

E quando eu fracasso, eu tenho mais um motivo para continuar tentando, continuar tentando mostrar as pessoas que elas simplesmente são incríveis.

Mesmo as ruins, elas têm um lado incrível, ele apenas não foi descoberto.

Não tem algo em especial que me deixe bem, tem apenas uma luz, a que eu falei, que pisca a todo momento, ela é o centro de tudo, além é claro, das pessoas que me fazem sorrir.

Às vezes eu quero simplesmente... Tirar toda a dor das pessoas com as mãos, eu não posso fazer isso, é claro, e se pudesse, não deveria. O que eu devo fazer é pegar na mão das pessoas e não solta-lá nunca mais, caminhar com ela sobre espinhos e também sobre algodões, ela tem que tirar a própria dor, se eu fizer isso, ela não vai sentir a verdadeira sensação de ser livre.

Se você leu aqui, sinta essa luz, irradie ela, para que a possa sentir muito mais. Ela vale à pena, e você verá isso quando a sentir.

Se você fez a questão de parar o que estava fazendo, para ler, quero que tenha feito a diferença em você, e quero que tenha se sentido especial.

E, acima de tudo, quero que você saiba que não é um fracasso, e sim, um anjo, muito especial.

Nenhum comentário:

Postar um comentário