Resenha:A teia dos sonhos –Karine Aragão


Sinopse:Júlia e Laura são duas adolescentes, de 16 anos, que, para eternizar a forte amizade que as une, decidem tatuar uma Teia dos Sonhos em seus braços. A euforia pela tatuagem única, desenhada por Júlia, esvai-se no dia seguinte, quando ela recebe a notícia de que Laura suicidara-se na noite anterior, atirando-se da janela do 13º andar. Júlia vê seus dias tomados pelo caos, em um misto de saudade e de raiva, sem saber os motivos que levaram Laura a tirar a própria vida. Júlia, então, embarca em uma busca que a leva a perceber os fantasmas que invadiram a cabeça de Laura e a refletir sobre sua própria vida. No meio de todo esse turbilhão, a presença de Bernardo representa a dúvida se o amor pode mesmo ser mais forte do que uma grande mentira.
O livro é narrado por Júlia, assim se é possível, nós mesmos, lendo o livro, sentindo tudo o que a mesma sente.

Júlia passa por muitas turbulências após o suicídio da melhor amiga, não se encaixa em sua cabeça por qual motivo Laura teria se suicidado, além da raiva que sentia pela mesma por não ter lhe confidenciado seus problemas.

Júlia chegou ao ponto de não querer saber os motivos de Laura, dividida pela raiva que sentia por essa ter lhe deixado e tristeza da perda. Mas tudo mudou quando se comoveu pelo pedido desesperado de Tia Adriana, mãe de Laura, de essa descobrir os motivos por Laura ter se suicidado, já que a mãe estava se sentindo culpada.

A garota então embarca em mistérios, correndo atrás para descobrir qual seriam os motivos de Laura ter se jogado da janela do 13° andar do prédio aonde morava.

Com tudo o que estava acontecendo, Laura se vê recebendo mais atenção da mãe que até então não lhe dava a mínima, e sendo a coitadinha na escola, o que só aumentava a dor da perda que havia sofrido.

Em meio a isso, Bernardo, o garoto em que ela e Laura gostavam, ou seja, o crush de ambas, começa a se aproximar, ajudando Júlia a correr atrás dos motivos por Laura ter feito o que fez.

Júlia se vê dividida, será que era errado ela estar se apaixonando pelo garoto que a melhor amiga gostava? Era justo ela ficar com ele?

Vemos durante o livro uma adolescente como qualquer outra, porém, com algumas angústias e medos a mais do que o comum, mas, que mesmo assim, mantém sua força.

Karine nos passa uma bela mensagem, nos mostra uma realidade muito presente nos dias atuais e abre nossos olhos para a parte boa da vida, o que deve ser visto e vivido para que sejamos felizes, além de transmitir uma enorme emoção do começo ao fim.

Sem contar que é uma leitura curta e leve, que só levei horas pra finalizar.


Avaliação:📕📕📕📕📕 (5/5)

Nenhum comentário:

Postar um comentário